Credo ambiental - Autor Marcos Carneiro

Creio que Deus, na figura da Natureza, fez os céus e a terra perfeitos e tudo o que
neles há tem uma função importante para mantê-los em equilíbrio.

Creio que o homem, por ser o único ser racional, tem a importante missão de garantir a
sua sustentabilidade, desenvolvendo-se materialmente e intelectualmente
desfrutando dos recursos naturais disponíveis, sem exauri-los e preservando a sua e de
todas as formas de vida existentes.

Creio que cabe a mim, como ser humano único e agente da sustentabilidade do planeta,
agir de forma independente e harmônica com toda a humanidade afim de permitir
que, ao deixar a vida aqui, a tenha desfrutado de forma a que os meus descendentes
também possam desfrutar das suas com a qualidade de vida que a Natureza nos legou
desde o princípio. Para isso, me comprometo a consumir de forma responsável, não
desperdiçando recursos naturais, sendo eles renováveis ou não, permitindo assim vida
digna aos demais humanos e demais seres vivos que compõem a nossa biodiversidade.

Creio que cabe a mim, e a cada ser humano, a responsabilidade de evitar, por todos os
meios disponíveis, a poluição, o desperdício, a acumulação desnecessária e a
exploração não sustentável dos recursos naturais, a começar pelo meu dia a dia de
trabalho e também nas minhas ações na família e na sociedade. Comprometo-me a combater, através de todos os meios pacíficos possíveis, a exploração econômica dos
demais seres humanos e de toda a biodiversidade praticando os 3Rs (reciclar, reutilizar
e reduzir) no meu dia a dia, de forma natural, como um comportamento simples e
indispensável para a manutenção de nosso planeta.

Creio na atividade econômica como agente do desenvolvimento humano e que deve
ser desenvolvida de forma a garantir uma boa qualidade de vida a todos, no
desenvolvimento sustentável, no respeito ao meu semelhante, na preservação de
todas as espécies de vida, na capacidade de recuperação do planeta, na importância
para o todo das minhas ações individuais, no uso comum dos recursos naturais, na
convivência pacífica de toda a biodiversidade, na capacidade intelectual do Homem e
na manutenção do planeta, enquanto a soberana Natureza assim o desejar.

Comemoração dos 20 anos da Pós-graduação
Engenharia Sanitária e Ambiental
UERJ 1995/2015
21 de agosto de 2015, Churrascaria Estrela do Sul, 19 h