Entrevista com Stella Nienhaus


É ela quem conta: Meu tio, Miguel Sixel construiu o Hotel Majestic que ficava na Praça da Liberdade. O hotel era muito bonito e os petropolitanos quebraram tudo, jogaram o piano pela janela. Ele também construiu o Hotel Cremerie.


Certo dia ele soube que havia chegado a Juiz de Fora três moças da Alemanha, ele mandou buscá-las para seu hotel, uma delas mais tarde, tornou-se a minha mãe Ana Peters. Sempre que ele sabia da presença de alemães em algum lugar, ele ia atrás. Seus empregados eram quase todos alemães. Ele fez uma casa para minha família atrás do Lago do Cremerie. (Ela mostra fotos da época), os caminhos no parque, as hortênsias, seus pais e irmãos. Havia também um pavilhão enorme e lindo e nossa casa ficava atrás dele. Muitas árvores. Eu tive uma infância muito bonita. Tio Miguel também fez uma casa bonita para a família dele.